Browsing Category Viagens

CARDIFF, BRISTOL, BATH E LONDRES (e mais uns ímans para o frigorífico)

Quarta-feira, Junho 14, 2017

Tenho sempre alguma dificuldade em fazer resumos ou em contar as histórias das viagens que faço, porque sinto sempre que tudo o que escrevo ficará sempre aquém do que lá foi vivido. A sensação de aterrar, pisar um país/ cidade desconhecida, explorar o que por lá se faz, se come, se veste, se encontra, se ...

View post

Évora.

Terça-feira, Abril 18, 2017

Há lugares mágicos. Há mesmo. Podemos passar anos sem os ver, sem os palmilhar, mas a sensação de paixão a cada esquina é tão intensa como aquela que brotou à primeira vista. É ardente. É galopante. Faz-nos querer tudo, conhecer tudo. Évora é, para mim, um sítio mágico. Sai da cartola qual coelho branco. Sopra ...

View post

I fell in Love (again). His name is New York.

Quinta-feira, Fevereiro 9, 2017

Devia fazer um resumo, um roteiro, escrever umas descrições ou adjectivar a coisa de uma maneira supimpa e que venda, não que ganhe comissão, mas porque enriquece qualquer pessoa comprar este pacote. No entanto, deparo-me com dificuldades acrescidas, nomeadamente no que diz respeito à construção da cabeça-tronco-e-membros (que nos vendem na escola como sendo o ...

View post

Auschwitz. Uma vez na vida.

Quinta-feira, Agosto 18, 2016

Vazio. Uma angústia que desorienta. Um medo do Homem, do que se diz ser a Humanidade. Horas sem falar. “Those who do not remember are condemned to repeat it”.  Diz na placa. Diz nos tijolos. Diz na gravilha. Diz em todo o lado e em todos os corações que percorrem os blocos, que oscilam entre a tristeza ...

View post

Havia uma menina.

Segunda-feira, Agosto 15, 2016

Havia uma menina que pouco conhecia da Terra. Vivia sobre uma nuvem de algodão, demasiado a medo, demasiado presa aos buracos onde enfiava os pés. Caminhava a passos curtos, pouco certeiros. Um dia, o vento empurrou-a. Deu-lhe a coragem dos homens que atravessam mares, as botas de borracha para saltar as poças, a agilidade para, ...

View post

Promessas cumpridas.

Sexta-feira, Maio 20, 2016

“Somos o resultado dos livros que lemos, das viagens que fazemos e das pessoas que amamos”. Airton Ortiz Se há uma coisa que eu quero sempre é viajar. Esta paixão veio exactamente quando tinha que vir. Como um amor maior, que se descobre na altura certa da vida. Viciou-me e ocupou-me os tempos livres, que se ...

View post