parar e agradecer.

Ando um pouco afastada da lide das palavras. Da lide doméstica, também. E de várias outras que têm ficado para trás. Este ano não me apeteceu fazer um texto de rescaldo de fim de ano, porque senti que na minha vida nada estava a acabar, mas sim a começar. E tenho desfrutado tanto dos momentos ...


No tags 0 Comments 3