Read Full Report

Caíram-me as vozes. As lágrimas calaram-me a garganta seca, que arranhava. Era como se um fosso se tivesse aberto entre a estrada que separava a minha alma e a vista que te alcançava cada vez mais pequeno. Ao fundo. E eu caí tão fundo. Profundamente. Caíram-me os pedaços, partiu-se a bola de cristal que nos ...


No tags 0 Comments 5