Categoria dilemas vários

A falta que me fazes no Natal.

Terça-feira, Dezembro 20, 2016

Paro o relógio. Desligo a espiral que me faz entrar naquela rotação típica. Acelerada. Cansada. Preocupada com o tudo e com o nada. Dispo a capa do ser humano corrompido pelas horas obrigatórias e obrigo-me a ser. A parar para respirar. Que privilégio este. Ponho música. Tenho um retrato teu na bancada escondido entre tachos ...

Ler mais...

Uma Sessão do Caraças (pela máquina da Isabel Saldanha)

Sábado, Dezembro 17, 2016

O sábado costuma ser um dia feliz. Mesmo com chuva, o sábado é feliz. Na praia, no sofá com mantas, em almoços ou em jantares. O sábado adivinha horas desocupadas, sem rotinas e queixumes. Para quem trabalha por turnos, o sábado pode até ser uma terça, mas o sábado, quando é sábado, é mesmo bom. E este ...

Ler mais...

Sim, eu odeio ginásios.

Segunda-feira, Dezembro 12, 2016

Eu sei que é importante. Sei que o nosso corpo é uma casa e o exercício é um dos pilares. Sei que faz falta, aliás é cada vez mais notório e visível que faz falta, mas a realidade é esta: EU ODEIO GINÁSIOS. Em caps lock. Negrito. Sublinhado.   «Ah, mas isso é porque nunca encontraste uma modalidade ...

Ler mais...

Sobre o amor de irmãos.

Segunda-feira, Dezembro 5, 2016

Quando o meu irmão nasceu eu tinha sete anos. Feitos há três meses. Ainda precisava de colo, de atenção, de uma mãe e um pai só meus. Nas cassetes de VHS onde recordamos o primeiro banho dele ou o baptizado, eu teimo em pedinchar que me filmem a brincar com as Barbies, ou a cantarolar ...

Ler mais...

Podes ser eterna?

Segunda-feira, Novembro 28, 2016

Hoje, estou na Plataforma Capazes. A homenagear a minha mãe e tantas outras. Podem, elas, ser eternas? http://capazes.pt/cronicas/podes-ser-eterna/

Ler mais...

Mandei vir da televisão. Ou do facebook.

Terça-feira, Novembro 22, 2016

  «Onde é que conheceste o Pedro? No facebook. Sério? Mas tinham amigos em comum? Não. Adicionei-o depois de o ter visto a cantar na televisão.»   Confesso que cheguei a ter vergonha disto. Dizer assim, de chofre e sem rodeios, que tinha sido uma rede social a unir-nos, nem sei a que é que soa, mas bem não me soava. Há, ...

Ler mais...