Cuidado com o que dizes.

Tu não sabes. Tu não sabes quantas dores habitam numa casa. Quantas histórias já se contaram em lágrimas. Quantas depressões profundas se deitaram e embalaram corpos na marcha do suicídio. Quantas vezes a tristeza, quase, matou. Ou o medo o impediu. Tu não sabes.   Tu não sabes, quando apontas o dedo aos homossexuais e os apelidas ...